18-10-2017

Livro sobre o pastel de Vouzela foi apresentado




No âmbito do programa do IX Festival de Doçaria “Doce Vouzela”, realizou-se no dia 29 de julho, a apresentação do livro sobre o pastel de Vouzela, intitulado “O Pastel de Vouzela em Livro”.

A Igreja Matriz de Vouzela foi pequena para acolher todos aqueles que se quiseram associar à sessão de lançamento que contou ainda com a presença de Miguel Poiares Maduro, ex-Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, de António Leitão Amaro, ex-Secretário de Estado da Administração Local e de Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões.

Satisfeito com a edição, Rui Ladeira, Presidente da Câmara Municipal de Vouzela, considera valioso o trabalho desenvolvido e “uma publicação que dignifica e valoriza a nossa doçaria e em especial o Pastel de Vouzela, dando-lhe visibilidade e colocando-o no patamar que merece”. Para o autarca, “mais importante do que falarmos da sua história é enaltecer o trabalho de quem produz o pastel de Vouzela e por isso, hoje, o destaque vai naturalmente, também, para os produtores aqui presentes Vítor Correia, Joaquim Rodrigues e Patrício Sequeira em representação de Fernando Cardoso.

Também o papel dos produtores foi amplamente reforçado por Pedro Machado, Presidente da Turismo Centro de Portugal e por Maria de Lourdes Modesto, célebre gastrónoma portuguesa e apreciadora dos pasteis de Vouzela, que ambos consideraram um “diamante” da doçaria nacional.

Maria de Lourdes Modesto felicitou ainda os vouzelenses pelo cuidado que têm tido na sua preservação e por continuarem a manter a qualidade na confeção deste doce conventual. 

Um segredo bem guardado

Segundo a autora do livro, Maria Celeste Carvalho, o pastel de Vouzela continua a ser um segredo bem guardado “e permanece nas mãos de quem o confeciona”. O livro nasce com a vontade de conhecer melhor esse segredo e a história por detrás desta iguaria de origem conventual, esclareceu.

“A publicação é o resultado de uma parte da investigação recolhida para a criação da Rota do Pastel de Vouzella, inaugurada em agosto de 2014 e promovida pela Casa Museu”.

Para Daniel Melo, autor, a história do pastel de Vouzela não é algo que tenha um registo escrito, “é uma tradição oral passada de geração em geração”, daí resultando dificuldade e complexidade na investigação que ambos os autores efetuaram.

Foram consultados os registos paroquiais, o arquivo da imprensa local e realizadas dezenas de entrevistas às pessoas que ainda conservavam na memória “a tradição suficientemente sólida que ligava a confeção do pastel à sua origem conventual. Foram estas entrevistas que nos forneceram a linha que nos permitiu cozer os pequenos retalhos de informação documental desta investigação que está apenas no começo”, adiantou Daniel Melo.

O livro está à venda e pode ser adquirido no Posto de Turismo de Vouzela.

VFM
2017-08-02



2017-08-02 22:06:58
Fonte: VFM